fechar
sophiaandherdoll

Menina de dois anos dá brilhante lição de moral para vendedora de loja…

Ao ser questionada sobre sua escolha por uma boneca negra.

A pequena Sophia de 2 anos, conseguiu uma recente vitória ao conseguir usar o penico por um mês. Como recompensa, sua mãe a levou a uma loja para que pudesse escolher um prêmio por sua conquista.

Ela demorou vinte minutos olhando todas as bonecas da loja, mas sempre voltava para a boneca médica.

Sophia, na sua inocente imaginação, também se considera uma médica.

Ela não segurou a ansiedade e abriu a boneca ali mesmo antes de passar pelo caixa da loja.

No caixa, a atendente questiona a escolha de Sophia pelo fato de Sophia ser branca e a boneca que escolheu ser negra e tenta influenciar na sua escolha.

Para Sophia, a boneca era perfeita. Ambas eram médicas, ambas eram bonitas, ambas tinham cabelos lindos e usavam estetoscópio!

Ser querer, com toda simplicidade e inocência infantil, Sophia deu uma baita lição de moral para a atendente.

Vejam o post publicado por Brandi Benner na sua pagina pessoal no Facebook:

Nick and I told Sophia that after 1 whole month of going poop on the potty, she could pick out a special prize at…

Posted by Brandi Benner on Friday, March 31, 2017

 

Eis a tradução do texto publicado:

“Nick e eu dissemos a Sophia que após um mês inteiro utilizando o penico, ela poderia pegar um premio especial na Target.

Ela, obviamente, escolheu uma nova boneca. A obsessão é real.

Enquanto estávamos no caixa, a atendente questionou Sophia se ela estava indo a uma festa de aniversario.

Nós duas a olhamos sem entender.

Ela apontou para a boneca e perguntou se Sophia a pegou para uma amiga.

Sophia continuava sem entender, e eu esclareci que a boneca foi um premio para Sophia por ela ter conseguido usar o penico.

A mulher me olhou com perplexidade, se virou para Sophia e perguntou “Você tem certeza de que é esta boneca que você quer, amor?

Sophia respondeu, “Sim, por favor!

A atendente respondeu, “Mas ela não parece com você. Nós temos muitas outras bonecas que parecem mais com você.”

Eu imediatamente fiquei nervosa, mas antes que eu pudesse dizer alguma coisa, Sophia respondeu, “ Sim ela parece. Ela é uma médica como eu sou uma médica. Ela é uma garota bonita como eu sou. Você vê seu lindo cabelo? E o estetoscópio?”.

Ainda bem que a atendente decidiu deixar a questão de lado e apenas respondeu, “Oh, tudo bem.”

Esta experiência apenas confirmou minha crença de que não nascemos com o conceito de que a cor importa. A pele vem em diferentes cores como os cabelos e os olhos, e toda tonalidade é bela.

#itswhatsontheinsidethatcounts #allskinisbeautiful #teachlove #teachdiversity #thenextgenerationiswatching

 

Até o momento da publicação deste artigo, o post de Brandi Benner já foi curtido mais de 600 mil vezes e compartilhado pro mais de 220 mil pessoas.

Por que não nos inspiramos em Sophia e passemos a ver os outros com os olhos de uma criança, com igualdade de raça?

Fica a dica…

Fonte:

Post Girl, 2, defends her choice of doll to cashier por Madeline Holcombe no site CNN

 

Tags : comportamentoigualdade de raça
Rogerio Chinen

O Autor Rogerio Chinen

médico formado na UNIFESP aficcionado por cinema e tecnologia interessado em questões filosóficas e sobre o conhecimento humano idealizador, criador e webmaster do site Espiral de Valor

Leave a Response

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE