fechar
Olhar íntimoSpinSpin in

O sentido por trás das palavras de agradecimento nos diversos idiomas…

thank-you-490607_640

O sentido por trás das palavras de agradecimento nos diversos idiomas…

Obrigado, thank you, mercy… é tudo a mesma coisa?

Neste discurso de Antonio Novoa, ele aborda as diferenças entre estas formas de agradecer… Confira…

 

Muito interessante…

 

Nunca havia parado para pensar como ditas corriqueiramente como “obrigado”, possuíam este sentido de obrigação.

Ao agradecermos dizendo obrigado, estamos dizendo ao próximo que estamos em débito para com ele, “me sinto obrigado a lhe retribuir”.

E quando dizemos “Muito obrigado”, esta obrigação fica maior ainda.

Para Antonio Novoa, esta é a forma mais profunda de gratidão, se sentir em débito com o próximo.

No entanto o ato de ajuda ou caridade não se faz para gerar uma sensação de dívida.

Por isso, de praxe, respondemos “de nada” ou  “não tem de que” (“não tem do que se preocupar”).

Acho particularmente interessante a forma do idioma inglês de responder com “My pleasure”.

Como se disséssemos “Não, na verdade, é um crédito, não um débito – você me fez um favor ao me pedir um favor. Você me deu a oportunidade de fazer algo gratificante e generoso.”

Na minha opinião, agradecer com “muito grato” ou “muito agradecido” é uma forma de aceitar a generosidade do próximo, receber a graciosidade da ação do outro.

 

Deixar o outro ser generoso, sem dar algo em retribuição, também é uma forma de generosidade.

 

 

Fonte:

Canal do You Tube – Raj Prem Cláudio F.

Site Brain Pickings

Foto: Pixabay – Tumisu

Tags : comportamentogratidão
Rogerio Chinen

O Autor Rogerio Chinen

médico formado na UNIFESP aficcionado por cinema e tecnologia interessado em questões filosóficas e sobre o conhecimento humano idealizador, criador e webmaster do site Espiral de Valor

Leave a Response

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE