fechar
Divertir, mas inspirarFilmes

Resenha do filme Tomorrowland … um filme para sonhadores…

Tomorrowland-Banner

Resenha do filme Tomorrowland … um filme para sonhadores…

Sinopse: Ligados pelo destino, uma brilhante e otimista adolescente e um ex garoto genial e inventor, mas desiludido se unem em uma perigosa missão. Ir a Tomorrowland para tentar corrigir o mundo.

Reflexões:

– a importância dos sonhadores e visionários
– otimismo vs pessimismo
– nunca desistir

Resenha:

Contém spoilers. Se ainda não assistiu o filme sugiro parar por aqui e voltar após assisti-lo.

Frank Walker, interpretado por George Clooney, é um garoto prodígio, inventor nato, que conhece e se deslumbra com Tomorrowland. Este é um mundo do futuro, fora do tempo e espaço, e acessível para os grandes sonhadores e visionários.

Cabe aqui um parênteses. Eu entendi Tomorrowland não como um mundo real, ou o futuro, mas sim com uma consciência coletiva dos sonhadores e visionários. Um lugar onde estas pessoas se sentissem à vontade e pudessem buscar inspirações e utilizarem todo seu potencial criativo.

Fecha parênteses. Frank ao ficar adulto, torna-se uma pessoa reclusa, pessimista, mediante a constatação de que o mundo está com os dias contados. Uma máquina criada em Tomorrowland tem a capacidade ultrapassar as barreiras de tempo e espaço e, segundo a máquina, a probabilidade de destruição é 100 %. Ele parou de acreditar, parou de ter esperanças.

A outra personagem principal da história, é Casey Newton, interpretada pela atriz Britt Robertson. Casey é uma jovem sonhadora e otimista que desde a infância tem o sonho de conhecer as estrelas.

ct-tomorrowland-movie-review-george-clooney-20150519

Assim como Frank, Casey também é convidada por Athena conhecer Tomorrowland por meio de um broche. Athena é uma robô de Tomorrowland que tem o objetivo de achar sonhadores e criativos para lhes apresentar Tomorrowland.

Casey tem uma visão otimista e mesmo expostas a aulas sobre desastre nuclear, colapso de governos e derretimento global, sua mente inquieta e otimista responde às aulas com a seguinte pergunta: Como podemos consertar? O que estamos fazemos para evitar? O único professor que deixou Casey perguntar, a deixou com a resposta no ar. O professor foi salvo pelo sinal indicando o fim da aula.

A resposta para Casey é: estamos fazendo muito pouco ou quase nada. Quando assistimos aos noticiários diários somos bombardeados com tantas notícias negativas que ficamos anestesiados e, muitas vezes, uma notícia impactante e alarmante pode não nos causar o impacto esperado devido ao simples fato de que estamos acostumamos com as notícias ruins.

As pessoas se mobilizarão a partir do momento que lhes derem aquele clique de indignação: Isto não pode continuar! A partir deste momento, mudarão hábitos, serão mais engajadas e participativas em campanhas e ONGs, divulgarão iniciativas em prol de um mundo melhor, desenvolverão produtos para resolver os problemas da nossa sociedade, etc.

tomorrowland54fdf05186c39

Em um certo momento do filme, Nix, o governante de Tomorrowland argumenta exatamente sobre o comportamento passivo e de entrega do ser humano perante alertas de que o mundo está entrando em colapso. As pessoas estão muito individualistas e pouco preocupadas com o bem coletivo. Além disso, desistem fácil e aceitam um futuro ruim ao invés de agirem para melhorar este futuro. Vale a pena ler este discurso de Nix transcrito na parte final deste post na parte citações.

Esta apatia e desistência também atingiu Frank, e por isso, estava recluso apenas esperando o fim chegar. Afinal, contra uma probabilidade de destruição de 100 %, que otimismo resiste? Com a chegada de Casey e seu comportamento otimista e visionário, a máquina reajusta suas previsões para uma probabilidade 99,9 % e uns quebrados.

Uma lição importante está nas entrelinhas do filme, nunca desistir. Mesmo que tudo vá contra você, a previsão de que tudo dará errado somente terá 100% de certeza se você desistir.

Ao invés das pessoas reclamarem de que o mundo está ruim, por que não agir e fazer algo para isto mudar. O pessimista desiste e reclama. O otimista acredita e lutará para o mundo mudar até o fim, nunca desistirá.

Neste ponto, coloco a importância dos visionários e sonhadores. Os grandes avanços tecnológicos da humanidade ocorreram graças a crença de pessoas em algo que para muitos era impossível. Por mais graves que os problemas atuais sejam, pessoas visionárias e inovadoras podem encontrar soluções até mesmo para aqueles problemas (aparentemente) impossíveis.

Termino com um pensamento de Joel Barker:

“Uma visão sem ação não passa de um sonho. Uma ação sem visão é só um passatempo. Uma visão com ação pode mudar o mundo.”.

O mundo precisa de visionários ativos e engajados, que nunca desistam da sua missão.
Retire a palavra impossível do seu dicionário…

Taglines:

Imagine um lugar onde nada é impossível.
Imagine um lugar onde tudo é possível.
Lembre o futuro.
Lembre o amanhã.

Ficha Técnica:

Tomorrowland_posterNome : Tomorrowland
Tradução : Tomorrowland – Um lugar onde nada é impossível
País : USA
Ano: 2015
Diretor: Brad Bird
Nota IMBD: 6.5
Nota Rotten Tomatoes: 50 / 51 % (audience)
Premiações: 4 nomeações
http://www.imdb.com/title/tt1964418/awards?ref_=tt_awd

 

 

 

Citações:

 

Vamos imaginar. Se você ter um vislumbre do futuro e ficar assustado com o que vir, o que você faria com esta informação? Iria a políticos, capitães da indústria? E como convencê-los? Dados? Fatos? Boa sorte! Os únicos fatos que eles não irão duvidar são aqueles que mantem as rodas girando e gerando dólares. Mas e se…e se houvesse uma maneira de pular o intermediário e colocar os notícias críticas na cabeça de cada um? A probabilidade de aniquilação total continua. A única maneira de parar isto foi mostrar, assustar as pessoas. Porque qual humano racional não seria estimulado mendiante a potencial destruição de tudo o que conhecem e amam? Para salvar a civilização, eu devo mostrar o seu colapso. Como você acha que a visão foi recebida? Como você acha que as pessoas responderam perante a expectativa de uma desgraça iminente? Eles engoliram com chocolate! Eles não temeram seu falecimento, eles repacotaram a informação. Poderia ser curtida como videogames, programas de televisão, livros, filmes, e o mundo inteiro incondicionalmente abraçaria o apocalipse e correria em sua direção em contente abandono. Enquanto isto a Terra estava desmoronando ao seu redor. Você tem epidemias simultâneas de obesidade e fome. Explique isto! Abelhas e borboletas desaparecendo, glaciares derretendo, algas florescendo. Os pássaros caindo mortos e você não capta a dica! Em todo momento há a possibilidade de um futuro melhor, mas vocês, as pessoas não acreditam nisto. E porque vocês não acreditam, não farão o necessário para tornar isto realidade. Eles habitam este terrível futuro e resignam-se por uma razão, porque o futuro pede nada para você hoje. Assim sendo, nós vimos o iceberg e avisamos o Titanic. Mas vocês foram em sua direção com carga total. Por que? Porque quiseram afundar! Vocês desistiram! Não é culpa dos instrumentos, é de vocês a culpa.

 
Casey Newton: Há dois lobos que estão sempre lutando. Um é escuridão e desespero. O outro é luz e esperança. A questão é … qual lobo vence?
Eddie Newton: Aquele que você alimentar.

 

Trailer:

Tags : resenha
Rogerio Chinen

O Autor Rogerio Chinen

médico formado na UNIFESP aficcionado por cinema e tecnologia interessado em questões filosóficas e sobre o conhecimento humano idealizador, criador e webmaster do site Espiral de Valor

Leave a Response

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE