fechar
Divertir, mas inspirarTeatro

Teatro: Ao Pé do Ouvido – Com a palavra, os migrantes nordestinos

aopedoouvido

Teatro: Ao Pé do Ouvido – Com a palavra, os migrantes nordestinos

Fui assistir à peça “Ao Pé do Ouvido” no final de semana passado, no Sesc Pinheiros. Não tinha muitas informações sobre o trabalho, sabe aquele programa de última hora, vamos? vamos! E estava lá sem esperar muita coisa. Dizia que era uma “áudio-peça teatral na qual o texto usado pelos atores é construída a partir das palavras exatas ditas por um ou mais entrevistados”. Muito bem, estava lá sentado, e logo de início pensei um pouco desconfiado: deve ser uma peça de vanguarda. Mas não, nada de vanguardismo incompreensível. Ao contrário, um trabalho muito humano que expõe o sofrimento e as alegrias dos migrantes nordestinos.

O mais interessante é que os atores e atrizes reproduzem literalmente, ou quase literalmente, as falas dos personagens. Para isso, eles usam fones de ouvido, que acho que escutam simultaneamente as gravações dos personagens da vida real. Diz a sinopse:

Sete pessoas que cruzaram o país de Norte a Sul. Como aves migratórias, vieram em busca de melhores oportunidades. Da Bahia, Pernambuco, Paraíba, Ceará, Rio Grande do Norte e Maranhão para São Paulo, trilharam a rota dos milhares que, antes deles, começaram vida nova num Brasil tão diferente daquele onde nasceram – a babá, o porteiro, o pescador, a costureira, o pedreiro, o médico, a atriz.

No início, os sotaques pareciam um pouco forçados, mas depois o ouvido vai se acostumando. E realmente, em seguida, os personagens foram brotando, como seres reais. O ator que faz o maranhense encarna seu personagem real, com a melodia da fala do Maranhão. Além do sotaque, os personagens vão ganhando vida e estruturas de valor. Cada um com seus pensamentos e suas condutas, com seu estilo de vida e seus valores. Um grata surpresa!

Uns querem voltar.
Outros sentem saudade.
Há os que amam São Paulo.
Mas suas raízes pulsam nas falas de todos.
Sons que são o som do Brasil.

Uma áudio-peça com depoimentos reais!

A áudio-peça é uma forma teatral na qual o texto usado pelos atores é construído a partir das palavras exatas ditas por um ou mais entrevistados, a respeito de um determinado fato ou assunto. O objetivo é atingir um grau de fidelidade e autenticidade que se aproximem ao máximo da natureza dos testemunhos originais – os atores, nesse caso, funcionam mais como veiculadores (quase como uma mídia) das palavras, ao invés de criarem personagens numa estrutura convencional. Em alguns países, a palavra Verbatim é utilizada para designar essa modalidade de teatro, tomando emprestada a famosa marca de fitas cassete, muito popular nos anos 70 e 80.
Temporada: até 17/10; quintas, sextas e sábados, às 20h30
Duração: 80 minutos
Local: Auditório (3º andar)
Venda limitada a quatro ingressos por pessoa.
Não é permitida a entrada após o início do espetáculo.

Acessem o link da peça: Ao Pé do Ouvido

Elenco
Bruna Thedy
Cy Teixeira
Herbert Bianchi
Laerte Késsimos
Rita Batata
Rodrigo Caetano
Zé Henrique de Paula

Ficha técnica
Direção: Zé Henrique de Paula
Dramaturgia: Herbert Bianchi, Rita Batata e Zé Henrique de Paula
Edição de audio: Herbert Bianchi
Trilha original: Fernanda Maia
Preparação de atores: Inês Aranha
Iluminação: Fran Barros
Cenografia: Zé Henrique de Paula
Figurinos: Cy Teixeira
Produção: Claudia Miranda
Assistência de direção: Fabio Redkowicz
Assistência de produção: Louise Bonassi
Vídeos e Programação Visual: Herbert Bianchi
Realização: Núcleo Experimental

Tags : teatro

Leave a Response

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE