fechar
privilege test

Vídeo nos faz refletir sobre o privilégio social…

A Buzzfeed criou um experimento que facilita o entendimento deste conceito tão importante e tão discutido na nossa sociedade.

Transcrição do texto do vídeo:

 

Algumas pessoas nascem em famílias que moram em locais que precisam andar km para pegar água.

Tudo o que eu preciso é abrir a torneira.

Isto é privilégio.

O caminho do privilégio é uma atividade desenvolvida para ajudar as pessoas a entenderem os efeitos dos privilégios sociais.

Uma lista de 35 privilégios sociais ou desvantagens foram ditas para um grupo de dez pessoas.

Cada pessoa dava um passo a frente ou uma passa para trás, baseado em como se identificavam com cada afirmação.

Eu acho que privilégio ocorre quando algumas pessoas tem algo que outras pessoas não possuem.

Eu sinto privilégio como algo que não temos o controle.

Eu acho que seria tolo de minha parte dizer que eu não tenho uma grande quantidade de privilégio, considerando o país em que vivo, o trabalho que exerço e a faculdade que consegui frequentar.

Eu suponho que sendo um homem branco vai me ajudar a estar de alguma forma a estar entre os da frente.

Mas eu vou ter alguns passos para trás por ser gay.

Eu não acho que vou estar entre os mais a frente. Eu acho que estarei entre os do meio. Apenas meu palpite.

– Se seus pais trabalharam a noite e aos finais de semana para sustentar a sua família, dê um passo para trás.

– Se você pode demonstrar afeição em público por seu parceiro romântico sem medo de se sentir ridículo ou de sofrer violência, dê um passo a frente.

-Se você ficou envergonhado de suas roupas ou de sua casa enquanto crescia, dê um passo para trás.

– Se você já teve um diagnóstico de alguma doença ou deficiência física ou mental, dê um passo para trás.

– Se fosse alguma vez já sofreu bullying de algo que você não pode mudar, dê um passo para trás.

– Se você tem folga para os feriados religiosos, dê um passo a frente.

– Se você veio de um ambiente familiar que ofereceu um bom suporte familiar, dê um passo a frente.

– Se você pode consultar um médico quando você sentir necessidade, dê um passo a frente.

– Se você pode se mover pelo mundo, sem medo ou assedio sexual, dê um passo a frente.

– Se você se pegou empréstimos para sua educação, dê um passo para trás.

– Se há mais de 50 livros na sua casa agora, dê um passo para frente.

Então estas são suas posições finais.

Como se sentiu?

Eu acho que foi estranho para todo mundo.

É difícil discutir ou refletir sobre isto.

Foi muito estranho.

Eu acho que quando você consegue representar isto de forma tão visual e imediata, definitivamente isto toma uma nova forma.

Eu acho que todos estávamos brincando no começo, estava muito leve. Mas assim que as perguntas começaram, o clima mudou imediatamente e tudo ficou em silencio.

Ao olhar para trás um bando de pessoas atras de você não é uma boa sensação.

É estranho como você quer explicar certos privilégios como, “Oh, mas isto não é exatamente comigo porque eu realmente trabalhei duro por aquilo.”. É estanho dar um passo para frente quando você sente que está dando um passo com mais alguém, mas você teve muita bagagem.

Foi mais emocionante do que achei que seria.

Me lembrou de quando eles falam sobre escravidão no colégio e você sente raiva por alguns dias. Quando então você percebe que isto é o que é.

Últimos pensamentos

Para mim, foi frustrante olhar para trás e ver o quão longe algumas pessoas estavam atras de mim. E perceber que, você sabe, aquilo. Nenhuma quantidade de trabalho duro ou mesmo uma legislação podem acabar com este gap.

É interessante sendo um asiático porque você não tem certeza onde você se enquadra no espectro de privilégios.

Eu sei que para mim uma das razões de eu ter terminado o experimento tão para trás foi por haver questões referentes a segurança. Como afro-americana, como mulher, como gay, havia tantas maneiras diferentes para eu não me sentir segura.

Eu senti que eu aprendi a ser grato pelo que você tem. Nós vivemos em uma enorme sociedade na qual estamos sempre reclamando pelo que não temos.

Ele nos mostra que para algumas famílias, para cada família, você deve ser melhor. Meus avós fizeram bem, meus pais fizeram bem, e eu vou fazer ainda melhor.

Eu acho que se você não tem consciência do privilégio você deveria ter.

 

Incrível e impactante!

Ao responder as questões, como se participasse do experimento, confesso que me enquadro entre aqueles que terminaram na parte dianteira.

Acredito que muitos os leitores do blog também devem ter se enquadrado nesta posição.

Nunca se falou tanto em nossas sociedades sobre igualdade social, direitos iguais e sobre tornar nossa sociedade mais justa e igualitária.

Este experimento me demonstrou como esta igualdade social é muito difícil de se obter.

Muitos possuem privilégios sociais que, de certa forma, facilitam e propiciam o acesso às melhores oportunidades na vida.

Ter a consciência desta realidade tão clara, me imbui da responsabilidade de fazer o bom uso deste privilégio.

Também me faz ver com outros olhos e de outra perspectiva, ações governamentais como as cotas para o ingresso universitário.

Estas cotas procuram contrabalançar estes privilégios sociais e ajudar o acesso universitário àquelas pessoas desfavorecidas socialmente.

Fazendo um analogia com uma corrida de atletismo, os privilegiados são aqueles que largam na frente (e ainda com equipamento melhor).

As cotas universitárias seriam como se reservássemos algumas vagas para a final apenas para aqueles que tiveram que largar atrás.

Justo? Depende da perspectiva.

Necessário? Provavelmente…  se acreditamos e desejamos uma sociedade mais igualitária no futuro.

 

Fonte:

Post Se você ainda não entendeu o que é privilégio precisa parar para assistir a esse vídeo no site Hypeness

 

Tags : auto conhecimento
Rogerio Chinen

O Autor Rogerio Chinen

médico formado na UNIFESP aficcionado por cinema e tecnologia interessado em questões filosóficas e sobre o conhecimento humano idealizador, criador e webmaster do site Espiral de Valor

Leave a Response

Optimization WordPress Plugins & Solutions by W3 EDGE